sexta-feira, março 04, 2005

And now for something completely different

Freitas do Amaral é o novo ministro dos negócios estrangeiros.
Confesso que gosto do Freitas. Até há bem pouco tempo eu era dos que dizia que era das poucas pessoas credíveis à direita, porque até então o via, não como alguém que imigrou para a esquerda, mas apenas como o representante da direita com juízo.

Confesso, no entanto, que me enganei redondamente.
Ele bem pode vir dizer que o faz por superior interesse da nação - mas já não há volta a dar.
Benvindo a bordo, camarada Freitas.

3 comentários:

Mariana Pereira da Costa disse...

Se o Pacheco Pereira também tivesse embarcado, teri sido a machadada final na direita.

Pimenta disse...

Parece que até vamos ter uma foto dele no Rato enviada por mail directo do Caldas.

Anónimo disse...

A sério que não percebo, amigo felino...
O Menezes diz que o PSD tem de se re-situar no centro-esquerda.
O Freitas é um dos fundadores da direita em Portugal, e está num partido de esquerda. Será que o PS se está a re-situar no centro-direita ?
Já não percebo nada disto; quando outro dia ouvi uma noticia que o Portas tinha votado numa medida de esquerda no Parlamento Europeu, inicialmente cheguei a pensar que estavam a falar do Paulo e não do Miguel. O mundo gira ao contrário.
Desculpa-me a heresia, mas será que o Benfica irá passar a ter a côr verde ou azul ?