sexta-feira, maio 13, 2005

Quem ganhar que ganhe por bem...

Não posso deixar este dia em branco. É sexta-feira treze e dia de aniversário de aparições. Duas forças cósmicas em confronto, pelo que considero a conjuntura ideal para falar do meu (e nosso Benfica). Num blog sério como este, oportuno e inteligente, não posso deixar de expressar o meu oportunismo e boçalidade dizendo: O Benfica é o maior. Toda a gente sabe disto, mas ainda ninguém conseguiu admitir que a vitória do Glorioso é um gigantesco passo em frente para a evolução deste nosso país que anda tão triste. Reparem: 6 milhões de pessoas felizes (parte delas a acender velas em tudo o que é Igrejas e Capelas deste nosso país, incluindo em Fátima), trabalhando durante um ano com o papo cheio (sim, porque a Taça também é nossa) e a gozar com tudo o que é gentalha de outras cores desportivas. Há lá melhor cenário que este? Pensem nos litros de cerveja e leitões e presuntos e coisas assim que se venderão após esta histórica vitória. Pensem nos milhões de Bolas e Records e Jogos e afins que irão entrar em circulação. Pensem bem nos sectores económicos que por trás disto estão. Aquando da gloriosa Taça do ano transacto, já o ministro dissera o mesmo que eu, por isso entendam que é melhor para o país que o Benfica cilindre o Sporting e o Boavista.
Perdoem-me o desabafo, mas não consigo, como fanática da bola que sou, pensar noutra coisa. Desta vez não cumpri os rituais a que me proponho sempre que é jogo grande, mas não sou supersticiosa (Sexta-Feira 13 - 0 Fátima - 1). Nem consigo comentar a moção de censura que querem aprovar ao Durão Barroso, nem nada que se passe neste país e no Mundo. O Benfica vai ser campeão e amanhã vamos ganhar. Isto é uma certeza, para mim e para seis milhões. Havendo fé, tudo se consegue (lembrete: aplicar esta fé para coisas realmente produtivas, como a evolução e crescimento do nosso país).
Até domingo, estamos fechados para balanço.

3 comentários:

raiva disse...

E lá ganharam. Com mais alguma batota, mas é o habitual. Vocês ficam contentes na mesma, não é?

Como disse o sábio Luis Filipe Vieira: "Mais vale Cunha Leal na Liga do que bons jogadores na equipa". Ora o Cunha Leal se não joga na equipa, é porque influencia os resultados doutra maneira...

No país do vale tudo há adeptos contentes com vitórias sujérrimas. É pena, mas é verdade.

Parabéns!

tuca disse...

Ninguém pára o Benfica, ninguém pára o Benfica, ninguém pára o Benfica allez oh... chegou mesmo Filipe Soares Franco a cantar! Estará a engraxar o Leal?!
Força Leal agora que já estamos na champions, garante-nos o título para a semana. Cuidado agora com a equipa do Sr. Presidente da Liga. Entendam-se os dois por favor!

Incógnito disse...

..."gentalha de outras cores" é que não será certamente "oportuno e inteligente"!

Num ano em que aceitaria a vitória de qualquer um dos 4 primeiros classificados pelos diferentes méritos e deméritos que apresentaram, é a ler estas coisas que continuo a pensar que a vossa cor vos fica tão bem.

Aguardo então pelo anunciado avanço da nação...